"De todos os meios de expressão, a fotografia é o único que fixa para sempre o instante preciso e transitório. Nós, fotógrafos, lidamos com coisas que estão continuamente desaparecendo e, uma vez desaparecidas, não há mecanismo no mundo capaz de fazê-Ias voltar outra vez. Não podemos revelar ou copiar uma memória”
.
Henri Cartier-Bresson

sábado, 10 de dezembro de 2011

ORAÇÃO

INTROSPECÇÃO by Jŭrαγ dε Cαsτrσ
INTROSPECÇÃO, a photo by Jŭrαγ dε Cαsτrσ on Flickr.







Meu amor essa é a última oração
Pra salvar seu coração
Coração não é tão simples quanto pensa
Nele cabe o que não cabe na despensa
Cabe o meu amor!
Cabem três vidas inteiras
Cabe uma penteadeira
Cabe nós dois

BANHO DE CULTURA

HAVAIANAS

HAVAIANAS by Jŭrαγ dε Cαsτrσ
HAVAIANAS, a photo by Jŭrαγ dε Cαsτrσ on Flickr.

IN CACHOEIRA DOC

IN CACHOEIRADOC by Jŭrαγ dε Cαsτrσ
IN CACHOEIRADOC, a photo by Jŭrαγ dε Cαsτrσ on Flickr.

OLHAR

OLHAR by Jŭrαγ dε Cαsτrσ
OLHAR, a photo by Jŭrαγ dε Cαsτrσ on Flickr.

domingo, 2 de outubro de 2011

DIÁLOGO COM JAIME FIGURA

DIÁLOGO COM JAIME FIGURA by Jŭrαγ dε Cαsτrσ
DIÁLOGO COM JAIME FIGURA, a photo by Jŭrαγ dε Cαsτrσ on Flickr.

Jaime Figura, como é conhecido e prefere ser chamado, é o tipo de artista que provoca inquietações quando circula pelas ruas de Salvador.
Jaime Figura é um autodidata do Comércio, um andarilho que inspira poesia e inteligência e ao mesmo tempo um menino que não se conhece, e até hoje fala com tristeza da rejeição familiar.
Assim como Jean-Michael Basquiat, artista que viveu em Nova York, que vivia pelas ruas fazendo arte nos muros, Jaime constrói sua arte. Ambos frutos do contexto urbano, Jaime Figura reproduz sua ambiência em seu corpo e nas paredes do mercado modelo.

terça-feira, 20 de setembro de 2011

ESCULTURA EM AREIA


O artista: ANTONIO CESAR

Seu trabalho: ESCULTURAS EM AREIA

Local: Praia do prto da Barra, Salvador, Bahia, Brasil

domingo, 21 de agosto de 2011

JAM NO MAM

A JAM no MAM é um projeto da Huol Criações, tem direção artística do músico Ivan Huol e acontece todos os sábados no MAM – Museu de Arte Moderna da Bahia, a partir das 18h.


Ele é uma continuação das jam sessions que eram realizadas entre 1993 e 2001 no Museu de Arte Moderna da Bahia. Também sob a coordenação do baterista Ivan Huol, elas eram chamadas de Jazz MAM e aconteciam em frente à igreja do Solar do Unhão.


Além de uma das mais belas vistas de Salvador, quem passa pela Av. Contorno nos finais de tarde dos sábados pode conferir um movimento grande de pessoas e carros se dirigindo ao Solar do Unhão, uma construção do século XVI que é a sede do Museu de Arte Moderna da Bahia.




O motivo é a JAM no MAM, projeto que leva aos finais de semana do Museu uma trilha sonora especial, baseada no melhor estilo das jam sessions.




Ponto de encontro garantido de músicos locais, o projeto vem atraindo artistas de todo o mundo que, de passagem pela Bahia, encontram ali um espaço democrático para ouvir Jazz com “sotaque baiano” e exercitar a arte da improvisação ao lado da Banda Base da JAM e de músicos profissionais que são referência no mercado local.

 ANDRÉ BECKER

 GABI GUEDES

IVAN BASTOS